Os Incríveis Benefícios da Espirulina

No dia de hoje conheceremos os principais benefícios da espirulina, assim como suas possíveis desvantagens e contraindicações.

A espirulina tornou-se famosa quando a NASA a utilizou com sucesso como parte da dieta dos astronautas em missões espaciais. No entanto, embora tenha havido um boom em seu cultivo nos últimos anos, há indícios de que ela já era utilizada na cultura asteca.

Atualmente testemunhamos a ampla difusão desta alga marinha no mundo todo e isto se deve às vantagens que ela traz para a nutrição e a saúde, como veremos em seguida.

Que tipo de alimento é a espirulina?

A espirulina é uma alga marinha unicelular usada como suplemento alimentar, rica em proteínas, vitaminas e minerais, o que a torna uma excelente fonte de nutrição.

Por outro lado, também contém grânulos de polifosfato, glicogênio e cianoficina, responsáveis pelo alto teor proteico que a tornou um alimento de alta reputação.


Mais Sobre Nutrição


– Composição nutricional

A sua alta proporção de proteína é bastante marcante, em torno de 60% do peso seco do alimento.

Provavelmente receba sua reputação como superalimento justamente por isso, pois esta proporção proteínica é bem maior do que a de muitos dos alimentos com os quais estamos familiarizados.

Também se destaca sua alta proporção de vitaminas B1 (tiamina), B2 (riboflavina) e B3 (niacina), além de minerais como ferro e manganês.

Por outro lado, possui cerca de 11% de carboidratos, principalmente polissacarídeos.

Afinal, o que é espirulina?

Quais são os benefícios da espirulina?

Graças aos seus componentes proteicos, lipídios, minerais, vitaminas, pigmentos e ácidos graxos polinsaturados, a espirulina tem sido considerada um superalimento excepcional.

Aqui estão algumas de suas principais propriedades:

  • Tem efeitos antioxidantes.
  • Possui propriedades anti-inflamatórias.
  • Atua como um revitalizador.
  • É um excelente suplemento alimentar.
  • É um prebiótico, pois protege o sistema imunológico.

Tudo isto faz dela um suplemento amplamente utilizado no campo da saúde, como você verá a seguir.

1. Ajuda a prevenir problemas cardiovasculares

Por conter ácidos graxos ômega 6, é frequentemente utilizado para regular os níveis de colesterol e triglicerídeos, o que por sua vez reduz o risco de angina de peito, infarto do miocárdio e outros problemas cardíacos.

2. Muito útil para a proteção da pele

Devido ao seu alto teor de beta-caroteno, é uma solução eficaz para proteger a pele da radiação solar, pois estimula a secreção de melanina.

Os benefícios da espirulina

3. Fornece energia

A quantidade de energia fornecida pela espirulina a torna ideal para pessoas que têm um alto nível de exaustão intelectual e física.

Algumas patologias como a doença obstrutiva crônica podem ser tratadas com esta alga, porque seus muitos minerais e proteínas têm efeito revitalizante.

4. Ajuda a emagrecer

É uma alternativa interessante para perder peso, pois tem um alto teor de fenilalanina, um aminoácido que reduz a sensação de fome e diminui a inflamação no tecido adiposo.

5. Indicado para o tratamento de problemas visuais

Devido a seus altos níveis de vitamina A, a OMS considerou-a muito eficaz para melhorar os distúrbios visuais, como a cegueira noturna. Os ensaios clínicos ainda estão em andamento para confirmar estes efeitos.

6. Evita o envelhecimento precoce

Como é uma rica fonte de antioxidantes, ajuda a reduzir o dano celular causado pelos radicais livres.

As vantagens da espirulina

Precauções e contraindicações

Como a espirulina é um alimento e não um medicamento, o seu consumo é seguro desde que a dosagem correta seja observada. Entretanto, quando ingerida em excesso podem ocorrer efeitos colaterais como erupções cutâneas, constipação, náusea e vômito.

Outro fator a ser considerado é o fato de que seu consumo pode interagir com certos fármacos e alterar sua eficácia. Por esta razão, quem estiver tomando medicamentos deve consultar primeiro seu médico.

Veja a seguir as principais contraindicações:

  • As pessoas que sofrem de doenças da tireoide, do fígado ou patologias autoimunes devem evitar a ingestão.
  • Pessoas com sensibilidade conhecida a algas marinhas, alergias alimentares ou asma devem consumi-la com a permissão do seu médico.
  • As pessoas que tomam medicamentos anticoagulantes devem evitar tomá-la, pois pode aumentar o risco de efeitos colaterais.
  • Mulheres grávidas ou amamentando não devem tomá-la para evitar possíveis efeitos colaterais.
  • Os pacientes de gota ou fenilcetonúria devem abster-se completamente de tomá-la.

Muito bem, foi tudo por hoje. Esperamos que tenha gostado destas informações sobre os incríveis benefícios da espirulina e suas contraindicações.

Ficamos muito gratos com a sua visita! Deixe-nos seus comentários ou perguntas mais abaixo, responderemos o mais breve possível.

GOSTOU DESTE ARTIGO? AJUDE-NOS A DIVULGÁ-LO:

OUTRAS PESSOAS ESTÃO VENDO:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Responsável: Ricardo Correia
Finalidade: Gerenciamento e moderação de comentários
Legitimação: Seu consentimento expresso
Destinatários: Os dados que você proporciona ficarão hospedados nos servidores da empresa Hostinger
Direitos: Você tem o direito de acesso, retificação, limitação e supressão dos seus dados
Veja a informação detalhada sobre a proteção de dados na nossa política de privacidade.

error: O conteúdo está protegido.