O Que é Bom para Dor Nas Pernas? Recomendações para Dores Musculares e Circulatórias!

No dia de hoje veremos o que é bom para dor nas pernas. Quem é que já não sofreu alguma vez na vida de dores nas extremidades inferiores?

Em busca de soluções, selecionamos e compartilhamos aqui algumas dicas que lhe ajudarão a aliviar a dor conforme seja a sua origem.

A propósito, o que poucas pessoas sabem é que este tipo de dor pode ter as mais diversas causas, que vão desde um simples cansaço muscular, até problemas circulatórios, ósseos, articulares, dos nervos ou inclusive doenças como a fibromialgia.

Quando o motivo é o cansaço muscular ou algum problema circulatório, têm soluções caseiras que podem ajudar. Veja nossas soluções eficazes a continuação.

O que é bom para dor nas pernas de origem muscular?

Esta é uma das causas mais frequentes das dores nas pernas.

Normalmente ocorre por alguma contusão, estiramento ou contratura dos músculos da coxa ou a panturrilha, devido a exercícios físicos exagerados e sem aquecimento, ou também por algum trauma, como batidas, quedas, etc.

É fácil de distinguir, porque é uma dor contínua, que piora quando se aperta a região ou ao movimentar a perna.

– Veja algumas recomendações para as dores musculares

  • Alongue sempre antes e depois de fazer qualquer tipo de exercício.
  • Enquanto estiver sentindo dor, fique de repouso.
  • Se a dor tiver sido provocada para uma contusão, estiramento ou contratura muscular, aplique gelo durante 20 minutos, protegendo a perna com um pano úmido para não queimar sua pele.
  • Faça uma sessão de massagens no local afetado.
  • Use um anti-inflamatório ou analgésico de forma tópica (pomada) ou por via oral.

Se as recomendações anteriores não funcionarem, é recomendável consultar um médico, pois em alguns casos pode ser necessário fazer fisioterapia.

Saiba o que é bom para dor nas pernas

Saiba como aliviar a dor nas pernas de origem circulatória

Existem dois tipos de problemas circulatórios: arteriais e venosos.

1. Problemas venosos

Quando a insuficiência circulatória é venosa, as varizes podem ser as responsáveis pelas dores e o consequente inchaço.

Normalmente esta dor piora ao permanecer muito tempo de pé, sobretudo quando se está parado.

As complicações

Em certos casos, a temperatura da região pode aumentar causando vermelhidão, sinal de que pode estar ocorrendo uma tromboflebite: o entupimento de uma veia causada por um coágulo (trombo).

Consulte um médico, porque, se o coágulo se desprender, pode ir parar em lugares perigosos, como o coração, pulmões e cérebro, podendo levar a um AVC ou inclusive à morte.

Há outros casos em que ocorre dor e inchaço súbito nas pernas, um sintoma de trombose venosa profunda. Consulte um médico com urgência, pois pode ser necessária a internação hospitalar.

2. Problemas arteriais

Quando o problema é nas artérias, a dor é diferente e ocorre ao caminhar: a pessoa anda um pouco, até que começa a sentir uma sensação de queimação nas panturrilhas.

Se continuar andando, a dor aumenta até tornar-se insuportável. Depois de um certo repouso, a dor para, mas o quadro se repete ao voltar a andar.

Isto é provocado pela aterosclerose, o entupimento das artérias pelo depósito de gorduras nas suas paredes. Nestes casos, é bom controlar os fatores de risco, como a hipertensão e o colesterol.

Correr é bom para dores nas pernas

– Recomendações para as dores circulatórias

Para aliviar a dor nas pernas de origem circulatório é preciso estimular o retorno do sangue ao coração. Veja nossas dicas:

  • Não fique parado(a) por muito tempo. Se você trabalha sentado(a), levante-se pelo menos a cada duas horas para movimentar os músculos das pernas. Sendo impossível, exercite-se mesmo sentado(a), levantando e abaixando os pés a cada 30 minutos.
  • Faça exercícios para as pernas. Os músculos das panturrilhas têm um papel fundamental no retorno do sangue ao coração. Faça meia hora diária de exercícios aeróbicos que trabalhem estes músculos, como caminhar, nadar e andar de bicicleta. 
  • Eleve as pernas. Deite de barriga para cima e coloque uma ou mais almofadas para elevar os pés, de maneira que fiquem mais altos do que os quadris. Permaneça assim durante 20 minutos para aliviar as dores, o peso e o cansaço das pernas.
  • Controle seu peso. Quanto maior for sua circunferência abdominal, maior será a dificuldade do sangue em retornar ao coração, causando acúmulo nas pernas e consequentes dores.

Esperamos que tenha gostado destas dicas e informações sobre o que é bom para dor nas pernas. Muito obrigado pela sua visita! Deixe-nos seus comentários e perguntas relacionadas mais abaixo.

40 comentários em “O Que é Bom para Dor Nas Pernas? Recomendações para Dores Musculares e Circulatórias!”

  1. Eu acredito que fazer exercícios de fortalecimento muscular pode ajudar a aliviar a dor nas pernas de origem muscular.

    Responder
    • Olá Leonardo,
      Respeito a sua opinião, só que nesse caso o alongamento antes e depois dos exercícios é fundamental.
      E pode crer que uma sessão de massagem relaxante dá resultados incríveis!
      Saudações.

  2. Olá boa noite eu senti muitas câimbras nas pernas pensei que nem ia andar mais quando foi no outro dia não estava aguardando andar e minhas batatas dá pernas ficou muito inchada e toda dororida oq devo fazer

    Responder
    • Boa tarde Fabrícia,
      Se for cãibra, pode dever-se à falta de potássio.
      Ingira alimentos que contenham este mineral, tais como a banana, por exemplo.
      Para aliviar a dor momentaneamente, pode fazer uma massagem nas pernas.
      Saudações!

  3. A uma semana sinto dor e cancaso. E as vezes sinto esquenta mais nao incha e nem tem vermelhidao na perna esquerda mais isso acontecer mais a noite. O que poder ser.

    Responder
    • Olá Jeane,
      Pode ser um problema arterial, mas precisaria de um exame médico para confirmá-lo.
      Veja neste mesmo artigo onde diz “Recomendações para as dores circulatórias”
      Saudações!

  4. Boa noite. Tenho sentido dores nas pernas há 2 dias. Tenho 33 anos e fiz uma extração do siso na semana passada. Depois que comecei a tomar antibiótico e remédio pra dor no dente comecei a sentir um leve cansaço e meu açúcar chegou a 43. Agora a dor na perna apareceu logo depois do fim do antibiótico e não durmo. Doi da coluna até a batata da perna. Não tem inchaço mas fica latejando. O que devo fazer??

    Responder
    • Olá Catiele,
      Pode tentar alongar os músculos das pernas para aliviar a dor, no entanto, o mais recomendável é que consulte um médico para descobrir a origem da mesma.
      Saudações!

  5. Eu trabalho em pé ando muito, quando no fim da tarde estou morto de dor nas pernas.,sinto muito cansaço e dores nas pernas,o que é bom para aliviar?

    Responder
    • Olá Jose,
      Por favor veja onde diz “Recomendações para as dores musculares”.
      Algumas recomendações para as dores circulatórias também podem servir, como elevar as pernas, por exemplo.
      Saudações!

  6. Olá, eu mudei se serviço e esse serviço é em pé. Porém, não consigo ficar em pé por muito tempo que minha perna dói, o que devo fazer?

    Responder
    • Olá Loraine,
      Infelizmente não tem o que fazer, a não ser que você faça intervalos para poder movimentar e elevar as pernas.
      As dores que sente são circulatórias e você vai sofrer de varizes no futuro se ficar assim o dia inteiro.
      Saudações!

  7. Boa noite! minos filha de 8anos e eu sentimos muitas dores nas pernas,tenho em minha genetica problemas de vasos e várrizes.O que me recomenda.obrigadooo

    Responder
    • Bom dia Luana,
      Por favor veja neste mesmo artigo onde diz “Recomendações para as dores circulatórias”.
      Saudações!

  8. Ola ta anos eu sinto for nas pernas
    Sentada foi em pé foi caminhar foi eu convivo com essa dor
    Ja fui ao medico e ele ja desistiu a dor começa nos quadris e vai por toda a perna nas duas ultimamente esta doendo minha coluna
    As vezes o medico fala que e ecesso de peso
    Será que não tem como tratar ou descobrir o porque?

    Responder
    • Olá Janete,
      Em muitos casos uma segunda opinião profissional pode ser a solução, mas deve consultar pessoalmente outro médico, pois precisará ser examinada.
      Você já tentou todas as dicas que proporcionamos aqui?
      Saudações!

    • Olá Laura,
      A resposta para a sua pergunta está no artigo…
      Deverá ler as dicas e colocá-las em prática.
      Sucesso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Responsável: Ricardo Correia
Finalidade: Gerenciamento e moderação de comentários
Legitimação: Seu consentimento expresso
Destinatários: Os dados que você proporciona ficarão hospedados nos servidores da empresa Hostinger
Direitos: Você tem o direito de acesso, retificação, limitação e supressão dos seus dados
Veja a informação detalhada sobre a proteção de dados na nossa política de privacidade.

error: O conteúdo está protegido.