Quantcast

Tratamento para a Gastrite com Remédios Naturais

Neste artigo veremos quais são os sintomas, as causas e algumas opções alternativas de tratamento para a gastrite. São receitas simples e bem fáceis de preparar que lhe ajudarão a aliviar este desconforto.

A gastrite é uma das doenças estomacais mais frequentes que existe e representa uma anormalidade funcional do estômago.

Costuma afetar a quase todas as pessoas em algum momento da sua vida. Por diversas razões, este incômodo problema costuma aparecer depois de algo que ingerimos ou bebemos.

Mas antes de continuarmos, é bom diferenciar o seguinte:

  • A gastrite é uma inflamação e irritação do revestimento do estômago.
  • Já a úlcera gástrica é uma chaga -ferida- que se manifesta nas paredes do estômago, duodeno ou intestino delgado.

Quais são os tipos de gastrite?

Dependendo da sua duração, a gastrite pode ser classificada em aguda ou crônica.

Continua abaixo…


VEJA TAMBÉM:


– Gastrite aguda

A gastrite aguda ocorre devido a causas recentes, tais como a ação de medicamentos em excesso na mucosa gástrica, intoxicação alimentar, má alimentação e outras.

Este tipo de gastrite é frequentemente associada com:

  • Pressão e dor abdominal.
  • Náuseas e vômitos.
  • Eructação.
  • Mau hálito.

– Gastrite crônica

É chamada de gastrite crônica quando a inflamação dura um longo periodo de tempo, que pode ser de alguns meses até anos.

Em outras palavras, trata-se de um transtorno mais antigo e se manifesta por fases em que os sintomas pioram.

Existem dois subtipos de gastrite sob esta categoria:

  • Erosiva: erosões superficiais no estômago começam a aparecer.
  • Atrófica: a mucosa do estômago é danificada em grande escala.

Quais são os sintomas da gastrite?

Os sinais mais frequentes deste transtorno são:

  • Dispepsia, desconforto ou dor no estômago.
  • Eructação.
  • Má digestão.
  • Náuseas.
  • Vômitos.
  • Azia ou sensação de queimação no estômago.
  • Sangue no vômito ou fezes.
  • Dor de cabeça.

No caso da úlcera gástrica, sente-se dor na boca do estômago.

Tratamento para a gastrite

Quais são as principais causas da gastrite?

Os fatores mais frequentes que dão origem à gastrite são:

  • A ingestão excessiva de álcool.
  • O consumo de alimentos fritos, picantes ou ácidos.
  • O consumo de condimentos muito fortes.
  • A ingestão de café en exceso.
  • O uso prolongado de medicamentos anti-inflamatórios ou antibióticos.
  • O refluxo biliar crônico.

Mesmo assim, o estresse, o nervosismo e a ansiedade também podem dar origem à doença.

Frequentemente a gastrite está associada a hábitos alimentares errados, fatores nervosos, psicossomáticos, podendo ser o resultado de um ritmo de vida estressante e desequilibrado.

Também existe um fator relevante que é a hereditariedade, que faz as pessoas ficarem mais susceptíveis a esta condição.

Por outro lado, há várias pesquisas que provam que a bactéria Helicobacter pylori também pode desenvolver alguns tipos de gastrite e úlcera.

É importante salientar que a evolução da gastrite não tratada pode causar úlcera gástrica.

Como se faz o diagnóstico?

Os procedimentos de diagnóstico mais utilizados são:

  • Gastroscopia: durante o procedimento, o médico insere através da boca do paciente um tubo fino com uma câmera, denominado endoscópio, a fim de examinar o revestimento do estômago.
  • Exames de sangue: são realizados para medir a quantidade de glóbulos vermelhos.
  • Coleta das fezes: é efetuado análise das mesmas para detectar se há bactérias anormais no trato digestivo.

O que é bom para gastrite

Como se faz o tratamento para a gastrite?

O tratamento específico para gastrite é determinado baseado na:

  • Idade e histórico médico.
  • Tolerância a medicamentos específicos, procedimentos ou terapias.

Geralmente, o tratamento médico envolve o uso de medicamentos destinados a reduzir a acidez, aliviar os sintomas e promover a cura do revestimento do estômago.

De qualquer jeito, em primeiro lugar recomenda-se eliminar o uso de: temperos fortes, pimenta, álcool, café, bebidas gaseificadas, frituras, açúcar e doces, além de alguns medicamentos analgésicos em comprimidos.

Por outro lado, é bom aumentar a ingestão de alimentos saudáveis como: queijos brancos, farinha de cereais, batata cozida, sopa de massa ou frango e ovo cozido.

No geral, o consumo de alimentos saudáveis e remédios caseiros pode ser muito eficaz para solucionar ou aliviar o problema.

Também é recomendável fazer 6 refeições leves ao dia em vez de somente 2 ou 3 abundantes.

Atenção:
Se aparecer algum sinal de sangue nas fezes, procure um profissional de saúde rapidamente para fazer um tratamento convencional.

Remedios naturais para gastrite

Quais os melhores remédios naturais contra a gastrite?

As seguintes medicinas caseiras são muito benéficas para aliviar os sintomas da gastrite:

  • Própolis de abelha.
  • Suco de aloe vera (babosa).
  • Espinheira santa.
  • Gérmen de trigo.
  • Saião.
  • Ipê roxo.
  • Zedoaria.
  • Resina de jatobá.
  • Bardana.
  • Artemísia.
  • Ambreta.
  • Cálamo aromático.
  • Camédrio.
  • Centaurea-maior.
  • Semente de cevada.
  • Semente de linho.
  • Folhas de marroio branco.
  • Semente de miglio.
  • Parietaria.
  • Salgueirinha.

O que é bom para gastrite? – 8 receitas caseiras

A continuação, compartilhamos com você oito remédios caseiros para a gastrite que ajudam a melhorar muito os sintomas:

1. Infusão de linhaça 

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de sementes de linhaça,
  • 1 copo de água morna.

Modo de Preparo e Uso:

Coloque as sementes de linhaça dentro do copo com água.

Deixe repousar por 12 horas.

Coe e beba.

Suco de batata para a gastrite

2. Suco de batata ralada

Ingredientes:

  • 1 batata inglesa média,
  • 1/2 copo de água.

Modo de Preparo e Uso:

Rale a batata crua e coloque no copo com água.

Espere 5 minutos antes de usar.

É recomendável tomar este liquido branco 30 minutos antes do café da manhã e 30 minutos antes do jantar. Faça o tratamento por 2 semanas.

3. Suco de couve

Além de melhorar os sintomas de queimação, este suco também fará bem ao intestino.

Ingredientes:

  • 2 folhas de couve,
  • 1 copo de água.

Modo de Preparo e Uso:

Bata no liquidificador as folhas de couve com a água. 

Coe e beba em jejum todos os dias, enquanto for necessário.

4. Gelatina sem sabor 

Ingredientes:

  • 1 xícara de água,
  • 1 gelatina sem sabor.

Modo de Preparo e Uso:

Misture a gelatina sem sabor na xícara com água.

Tome durante 5 dias, em jejum, ao meio-dia e na hora de dormir.

Benefícios do chá de camomila para a gastrite

5. Chá de camomila

Ingredientes:

  • 1 xícara de água fervente,
  • 1 colher (chá) de camomila.

Modo de Preparo e Uso:

Coloque a água fervente sobre a camomila.

Deixe em infusão por 5 minutos.

Beba três vezes ao dia.

6. Chá de gengibre

O gengibre pode tratar eficazmente a gastrite devido às suas propriedades anti-inflamatórias e anti-bacterianas.

Além disso, ajuda a reduzir a inflamação, trata a infecção e alivia sintomas como dor de estômago, gases, indigestão e náuseas.

Ingredientes:

  • 1 colher (chá) de gengibre picado,
  • 1 xícara de água,
  • 1 colherinha de mel.

Modo de Preparo e Uso:

Ferva a água com o gengibre picado, durante 2 minutos.

Coe e adicione mel. 

Beba 2 ou 3 vezes ao dia durante uma semana.

Precaução:
O gengibre pode interferir com medicamentos anticoagulantes e pressão arterial elevada. Nestes casos, é melhor consultar um médico antes de consumir.

Iogurte probiótico contra gastrite

7. Iogurte probiótico

Os probióticos presentes no iogurte ajudam a proteger o estômago da bactéria H. pylori, que pode ocasionar gastrite.

Além disso, o iogurte estimula o sistema imunológico a combater infecções mais rapidamente.

Ingredientes:

  • 1 copo de iogurte probiótico,
  • 1/2 banana,
  • 1 colherinha de mel.

Modo de Preparo e Uso:

Bata os ingredientes no liquidificador.

Tome 2 vezes ao dia.

8. Água com limão

As propriedades curativas do limão são inúmeras e podem ajudar a diminuir a produção de sucos gástricos.

No entanto, nos casos muito graves é recomendável não ingerir esta ou outras frutas ácidas.

Ingredientes:

  • 1 copo de água morna,
  • suco de meio limão.

Modo de Preparo e Uso:

Dissolva o suco do limão na água morna.

Beba na hora.

Outras receitas caseiras contra a gastrite

  • Pegue 1 folha de acelga, ferva e tome de 3 a 4 vezes ao dia.
  • Dieta do arroz papa sem nenhum tempero, que deve ser consumido por alguns dias, enquanto durar o transtorno.
  • Para gastrite e úlceras, coloque 20 gramas de sucuuba em um litro de água fervente. Deixe esfriar e tome de 3 a 4 copos por dia.
  • A ingestão de suco de aloe vera (babosa) é muito benéfica. Você deve começar com apenas 25 ml diluídos em água 30 minutos antes das refeições. Após 1 semana de uso inicial, pode ser aumentada a quantidade.
  • O uso da espinheira santa como chá tem comprovado efeito analgésico, além da sua ação cicatrizante.

É tudo por hoje. Esperamos que estas informações sobre como fazer um tratamento para a gastrite em casa com remédios naturais lhe sejam de muita utilidade.

Muito obrigado pela sua visita! Deixe-nos seus comentários ou perguntas logo abaixo.

GOSTOU DESTE ARTIGO? AJUDE-NOS A DIVULGÁ-LO:

OUTRAS PESSOAS ESTÃO VENDO:

161 comentários em “Tratamento para a Gastrite com Remédios Naturais”

    • Olá Heloisa,
      De nada, esperamos que as dicas lhe sejam úteis.
      Saudações!

  1. Olá, fiz uma endoscopia há algum tempo atrás e constatei que tinha gastrite nervosa e a bactéria h pylori. Além de curar a gastrite o suco de couve pode eliminar a h pylori?
    Desde já agradeço.

    Aguardo resposta.

    Att,

    Responder
    • Olá Felipe,
      O suco de couve não elimina a bactéria, mas pode melhorar bastante os sintomas.
      Saudações!

  2. Tenho Gastriste com metaplasia intestinal, isso tem cura? O que é a Metaplasia intestinal? é grave? Poderei ter alguma doença grave. Só tomo omeprazol todos os dias, agora to tomando saião. Por favor preciso de orientação mais clara.
    Obrigada.

    Responder
    • Olá Maria,
      A metaplasia intestinal é uma doença grave frequentemente associada a quadros de gastrite crônica e que pode desenvolver carcinomas se não for tratada corretamente.
      Ou seja, é pré-cancerigena, mas tem cura.
      Você deve procurar ajuda médica e seguir o tratamento que o seu médico lhe recomendar.
      Boa sorte.
      Saudações!

  3. Olá sou Thais…eu fiz endoscopia e o resultado foi gastrite leve de antro mais sou ansiosa e sinto queimação no estômago todo dia…atualmente to tomando nexium e espinheira santa comecei essa semana..esse excesso de queimação pode me trazer alguma coisa mais grave?? Obrigado

    Responder
    • Olá Thais,
      Só nos casos mais graves e não tratados.
      Se você está se tratando adequadamente, com certeza irá melhorar.
      Saudações!

  4. Olá eu sou Aurea! Eu gostaria de fazer o suco de babosa caseiro, pois tenho um pé no meu quintal. Eu posso misturar com água e 30 ml de babosa que já está pronto? Ou eu tenho que comprar o que está na loja de produtos naturais? Faz alguma diferença devido a composição?
    Obrigada
    Áurea

    Responder
    • Olá Jonatas,
      Se for para tratamento da gastrite, é recomendável que siga as orientações do post.
      Saudações!

    • Olá Jonatas,
      Não sabemos, mas nesta página tem muitas receitas que funcionam, além de uma lista de plantas indicadas.
      Escolha uma do seu agrado.
      Saudações!

  5. ola,bom dia! Gostaria de uma orientaçao ; estou diagnosticado com esofagite e inflamaçao no estomago. Nao sei se é a mesma coisa. Gostaria de saber qual das ervas citadas vao me ajudar melhor na cura?

    Responder
    • Boa tarde Ivan,
      Não é o mesmo, mas as receitas também lhe servirão.
      Qualquer uma delas que escolher lhe ajudará.
      Saudações!

  6. Olá me chamo Márcio estou sentindo umas dores no coração e meu estômago está doendo todos os dias o que devo fazer..

    Responder
    • Olá Márcio,
      Você deve consultar um médico com urgência, porque suas dores podem ter várias causas.
      Saudações!

    • Olá Geovany,
      Pode sim, são duas coisas totalmente diferentes.
      Saudações!

  7. Olá, graças a Deus não tenho nenhum problema relatado aqui, mas gostaria de parabenizar grandemente pela dedicação e seriedade em responder todas as perguntas e dúvidas dos leitores, afinal, são poucos que tem essa preocupação. A partir de hoje serei um leitor e com certeza indicarei a todos meus amigos. Abraços à equipe e ao Administrador do site.

    Responder
    • Olá Mauricio,
      Agradecemos muito seu comentário e lhe damos as boas vindas ao nosso site!
      Abraços!

  8. Ola a uma.uma.semana venho sentido uma acidez ou amargo na boca e sinto algumas dores no estômago o que pode ser ?

    Responder
    • Olá Thiago,
      Se for acidez e queimação, pode ser gastrite (veja os sintomas mais acima).
      O sabor amargo pode indicar problemas no figado ou vesícula.
      Recomendamos consultar um médico para ter um diagnóstico correto.
      Saudações!

    • Olá Roberto,
      Por tratar-se de um suco natural e não de um medicamento, não tem um prazo definido para dar resultados.
      Apenas use-o com consistência e persistência enquanto for necessário.
      Saudações!

    • Olá Leonardo,
      É mais seguro comprar um já pronto.
      Você consegue em lojas de produtos naturais.
      No início use-o como recomendamos aqui: diluído em água.
      Saudações!

  9. Por quanto tempo devo tomar o suco da couve?E em quanto tempo sinto resultado?Ja tive começo de úlcera e foi tratado ,mas as dores estão voltando após 2 anos do tratamento.

    Responder
    • Olá Bruna,
      Na receita está explicado:
      GASTRITE: tratar por 2 semanas;
      ÚLCERA: tratar por 1 mês.
      Saudações!

    • Olá Magda,
      Desculpe, mas nós só trabalhamos com tratamentos naturais, não com medicamentos.
      Você deve tirar essa dúvida com o seu médico ou ler sobre os efeitos colaterais na bula.
      Saudações!

  10. Olá, Boa noite! Gostaria de saber se posso tomar o suco de Aloe Vera, quantas ml e quantas vezes ao dia. Eu tomei uns comprimidos errados para mal estar e acabei desgastando meu estômago, era pra tomar um se estivesse com mal estar depois do almoço, mas me atrapalhei e tomei 2 em 8 em 8 hs. Comecei a sentir dores no peito, tipo um bolo na garganta, boca amargando direto, dificuldade pra falar, cansaço e fraqueza até para andar. Estava tipo intoxicado. Fui ao médico ele passou 5 Ingecões de Hidróxido de Alumínio e omeprazol. Graças a Deus passou, mas ainda sinto dores no peito, não arroto direito e minha boca amarga a vezes, ficao com a garganta Inflamada às vezes também. Obrigado, grato!

    Responder
    • Olá Rodrigo,
      A ingestão inicial recomendada é de 25 ml do suco de aloe vera em um copo de água.
      Depois pode aumentar um pouco a quantidade.
      Pode tomá-lo no intervalo entre as principais refeições.
      Para a desintoxicação, é recomendável o chá verde.
      Sucesso!
      Saudações!

    • ola eu gostaria de sabe se esta planta aloe vera e a mesma
      que a barbosa e como faz pra compra um suco desse
      preciso entre em contato com vcs f xxxxxxxx

    • Olá Silvano,
      Sim, aloe vera é a babosa.
      Você deve procurar o suco em lojas de produtos naturais.
      Saudações!

  11. Olá! O tratamento com o balsamo é eficaz no tratamento de ulcera? Eu tenho gastrite e faço o uso do balsamo. Bato ele com água no liquidificador. Tenho uma amiga que tem ulcera, eu posso indica- la esse mesmo tratamento??

    Responder
    • Olá Bruna,
      Como a úlcera é muito mais séria do que a gastrite, recomendamos que veja onde diz “Receitas contra gastrite e úlcera gástrica”.
      Ali tem algumas receitas que podem ajudar sua amiga.
      Saudações!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quinze + treze =

Informação básica sobre proteção de dados
Responsável pelos dados: Carlos Correia | Finalidade: Gerenciamento e moderação de comentários | Legitimação: Seu consentimento expresso | Destinatários: Os dados que você proporciona ficarão hospedados nos servidores da empresa Hostinger | Direitos: Você tem o direito de acesso, retificação, limitação e supressão dos seus dados. | Veja a informação detalhada sobre a proteção de dados na nossa política de privacidade.