Crianças com Triglicérides e Colesterol Elevado

É verdade que muitas crianças estão com os triglicérides e o colesterol ruim acima dos níveis considerados normais?

Uma pesquisa da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas, SP) com 1.937 crianças e adolescentes entre dois e 19 anos atendidos no Hospital das Clínicas da Universidade constatou que quase metade deles possui triglicérides e colesterol elevado.

44% das crianças têm níveis de colesterol elevado

Segundo o estudo, 44% dos pesquisados apresentaram índices elevados de colesterol.

“Eu exagerava nos alimentos ricos em gordura quando tinha 11 anos e meu colesterol estava em 269 mg/dL. Então iniciei o tratamento com dieta e esportes. Hoje meu colesterol é 160 mg/dL”, diz a estudante Jéssica Rossi Ruggeri, 17 anos, que ainda precisa diminuir seu índice.

A pesquisadora responsável, Eliana Cotta de Faria, do Departamento de Patologia Clínica da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, atribui os altos índices a fatores de risco como sedentarismo, má alimentação, obesidade e diabetes, além da hereditariedade.

De acordo com a pesquisa, 44% das crianças entre dois e nove anos apresentaram valores alterados do colesterol total, 36% delas, do LDL (colesterol ruim) e 56%, dos triglicérides.

Continua abaixo…


VEJA TAMBÉM:


Os altos índices de triglicérides estão associados a um risco maior de doença coronariana.

O resultado foi muito similar no grupo dos adolescentes e jovens de 10 a 19 anos.

“Não é de se estranhar que a população hospitalar tivesse índices um pouco mais altos. Mas não imaginávamos que estes índices seriam tão altos”, diz Faria.

Não há dados brasileiros sobre a taxa de colesterol entre crianças e adolescentes, e, segundo Ieda Jatene, presidente do departamento de cardiologia pediátrica da SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia), não é possível extrapolar os números encontrados na Unicamp para o resto do país.

Crianças com colesterol elevado

– Gordura trans

Para Roseli Sarni, pediatra e Presidente do Departamento de Nutrologia da Sociedade Brasileira de Pediatria, uma das explicações para os níveis elevados de colesterol, além de maus hábitos alimentares em geral, é o mau entendimento dos rótulos de produtos com gordura trans.

“Quando a mãe lê ‘zero’, ela entende que o alimento é livre desse tipo de gordura, o que não é verdade”, diz.

A legislação admite que o fabricante diga que seu produto tem “0% de gordura trans” quando tem até 0,2 g do elemento por porção. Com isso, a criança é liberada a consumir alimentos com esse tipo de gordura.

A prevenção, segundo Eliana Faria, começa com o estilo de vida da família, que é transposto para a realidade da criança.

“Uma criança não pode decidir comer mais legumes se os pais não compram legumes”, diz.

– Como reduzir os níveis

Para diminuir os níveis de triglicerídeos e colesterol ruim no sangue, devem ser priorizados dieta balanceada e exercícios físicos.

É preciso estimular o consumo de frutas, verduras, legumes, peixes marinhos e azeite de oliva, reduzir o consumo de frituras, açúcares e gorduras, e preferir alimentos integrais (menos o leite integral, que tem gordura demais).

As mudanças, no entanto, não devem ser drásticas, pois a criança pode ficar ainda mais resistente em mudar sua alimentação.

Ou seja, começamos com uma mudança quantitativa, para depois fazer a qualitativa. Isto é: o recomendado é reduzir alimentos que aumentam os triglicerídeos e o colesterol ruim, para, gradativamente, substituí-los por opções mais saudáveis.

Por outro lado, é necessário estimular as atividades físicas, pois as crianças e os adolescentes estão cada vez mais sedentários.

– Medicamentos eficazes

A Academia Americana de Pediatria já tomou uma decisão radical em relação às crianças com colesterol elevado: orientou que os pequenos acima de oito anos sejam medicados com fármacos (estatinas) para prevenir doenças cardíacas.

No Brasil, os pediatras indicam medicamentos a partir dos dez anos, mas apenas para crianças com uma doença genética chamada hipercolesterolemia familiar, que eleva os níveis de colesterol, independentemente do estilo de vida individual.

Para as demais, eles defendem uma dieta equilibrada associada a exercícios físicos.

A cautela tem justificativa. Não há estudos a longo prazo sobre o uso das estatinas em crianças ou que mostrem que, usando a medicação precocemente, elas estarão mais protegidas do que aquelas que iniciaram a terapia na vida adulta.

Recomendações finais

A maioria dos brasileiros tem o mau hábito de abrir o resultado dos exames e pedir opinião a pessoas que não conhecem o quadro clínico do paciente. 

Em vez de fazer isso, leve os resultados ao pediatra que os solicitou.

Ele é o profissional que realmente conhece o caso do seu filho e saberá interpretar os resultados melhor do que ninguém.

Baseado nisto e se houver necessidade, pode ter certeza que o profissional lhe indicará o tratamento que for mais adequado.

Você também poderá gostar de ver:

=> Como baixar o colesterol LDL de forma natural.

Foi tudo pelo momento. Esperamos que tenha achado útil este artigo sobre as crianças e adolescentes com triglicérides e colesterol elevado. Que tal começar a mudar os hábitos do seu filho hoje mesmo?

GOSTOU DESTE ARTIGO? AJUDE-NOS A DIVULGÁ-LO:

OUTRAS PESSOAS ESTÃO VENDO:

114 comentários em “Crianças com Triglicérides e Colesterol Elevado”

    • Olá Danielle,
      O LDL (colesterol “ruim”), não deve ultrapassar os 110 mg/dL.
      Os triglicérides, para um adulto devem ser inferiores aos 150 mg/dL, mas para uma criança só o pediatra que solicitou o exame poderá lhe dar uma opinião profissional.
      Saudações!

  1. Boa tarde, minha filha tem 4 anos e pesa 17 kg. Os exames dela HDL:63 ,VLDL:16 ,LDL:133 ,COLESTEROL TOTAL:212 ,TRIGLICÉRIDES:81 . Fiquei em pânico com o resultado, o que posso fazer pra mudar esses valores?

    Responder
    • Boa tarde Rita,
      De fato, o LDL está alto.
      Deve levar o resultado dos exames ao pediatra que os solicitou, pois é ele quem conhece o quadro clínico da sua filha para lhe recomendar o tratamento mais adequado.
      Enquanto espera a consulta, veja neste mesmo artigo onde diz “Como reduzir”.
      Também pode ver mais conselhos neste outro artigo.
      Saudações!

    • Olá Danielle,
      O LDL (colesterol “ruim”) não deve ultrapassar os 110 mg/dL, quer dizer que está dentro do normal.
      Saudações!

  2. Boa tarde, Meu nome é Suellen, tenho 27 anos, o resultado dos meus exames deu: triglicerides 238,0 mg/ld. HDL colesterol 42 mg/dl. LDL 81,40 mg/ld. Colesterol total 171,0 mg/dl. clicose 94 mg/dl. Estou preoculpada, minha triglicerides está alta?

    Responder
    • Bom dia Marcelo,
      Para os adultos o nível normal é de até 150 mg/dL, mas nas crianças isso pode mudar.
      A recomendação é que você leve o resultado dos exames ao pediatra que os solicitou, tal como mencionamos no final do artigo.
      Só ele(a) conhece o quadro clínico do seu filho e poderá lhe orientar.
      Saudações!

  3. Olá bom dia….meu filho tem sete anos nos exames dele os triglicerídeos deu 128 isso quer dizer
    que esta muito alto o colesterol dele?

    Responder
    • Bom dia Cristiane,
      Triglicerídeos e colesterol são coisas diferentes.
      O melhor a fazer é levar o resultado dos exames ao pediatra que os solicitou.
      Ele saberá interpretar corretamente os números apresentados, já que conhece o quadro clínico do seu filho.
      Saudações!

  4. Olha Boa noite minha filha tem 4 anos e gostaria de saber o que significa:
    Colesterol tota: 199 mg/dl
    Colesterol hdl: 58 mg/dl
    Colesterol não hdl:141 mg/do
    Colesterol ldl:114 mg/do
    Triglicerides:133 mg/dl .
    Vc pode me informar o que significa?

    Responder
    • Olá Jacqueline,
      O mais importante a cuidar é: o LDL (colesterol “ruim”) e os triglicérides (gorduras do sangue).
      O LDL não deve ultrapassar os 110 mg/dL.
      O nível de triglicérides normal para os adultos é de até 150 mg/dL, mas nas crianças isso pode mudar.

      A recomendação é que você leve o resultado dos exames ao pediatra que os solicitou.
      Só ele(a) conhece o quadro clínico da sua filha e poderá lhe orientar.
      Saudações!

  5. Boa noite , meu filho tem seis anos e o colesterol total dele deu 270…não sei como reagir ele já faz uma dieta regrada…o que faço?

    Responder
    • Bom dia Larissa,
      O mais importante é que você veja o nível de LDL (colesterol “ruim”): se estiver acima de 110 mg/dL, deverá tomar algumas medidas.
      Saiba que não é só a alimentação que influi no aumento dos níveis.
      As crianças de hoje em dia costumam ter uma vida muito sedentária.
      É necessário que você estimule as brincadeiras que incluam atividades físicas: faça ele se mexer bastante todos os dias!
      Por último, você deve levar o resultado dos exames no pediatra que os solicitou, pois ele conhece o quadro completo e lhe dará mais algumas dicas.
      Saudações!

  6. Boa noite,
    Meu filho tem 4 anos, passei com ele na pediatra e ela disse que ela está com colesterol alto que está com 191MG.
    Não sei por onde começar para que abaixe esse colesterol.
    Prwciso de ajuda.

    Responder
    • Bom dia Ingrid,
      Comece pelas orientações que damos nesta mesma página, onde diz “Como reduzir”.
      Também lhe recomendamos que veja “Como baixar o colesterol com a alimentação“.
      Por último, não se esqueça de seguir as orientações que a pediatra deve ter lhe dado.
      Saudações!

  7. Boa Tarde.
    Tenho uma consulta marcada para o meu filho, mas só para o final do mês. Estou preocupada com os resultados dos exames que recebi hoje. Ele tem 12 anos, e no momento não está fazendo nenhum esporte. Os resultados foram: colesterol total: 182mg/dL / Colesterol LDL: 121mg/dL / Triglicerídeos: 73mg/dL. O que vocês acham? Poderiam me orientar? Obrigada!

    Responder
    • Boa noite Andreia,
      O colesterol LDL está um pouco alto, os triglicerídeos estão dentro do normal.
      Por favor veja no artigo onde diz “Como reduzir” e siga as dicas.
      Também pode ver mais informações sobre alimentação para baixar o colesterol aqui.
      Para finalizar, ele precisa praticar alguma atividade física…
      Saudações!

  8. ola bom dia estou desesperada minha filha de dez anos tem colesterol alto e meu filho de 02anos e nove meses tambem o que faço

    Responder
    • Boa tarde Regiane,
      A primeira medida é você levar os resultados dos exames no pediatra que os solicitou, tal como explicamos no final do artigo.
      Depois deverá seguir todas as orientações que o médico lhe passar.

      Enquanto espera o dia da consulta, siga as dicas que proporcionamos neste mesmo artigo, onde diz “Como reduzir”.
      Pode ver mais dicas de alimentação para baixar o colesterol clicando aqui.

      Além do mais, como as crianças de hoje em dia estão muito sedentárias, você deve estimulá-los a que pratiquem brincadeiras que incluam atividades físicas.
      Isso também os ajudará a baixar os níveis de colesterol ruim (LDL).
      Sucesso!

  9. Olá minha filha tem 9 anos e pesa 27 kilos , fiz uns exames nela e fiquei preocupada
    triglicerides 129
    glicemia 85
    colesterol total 167
    colesterol hdl 38
    colesterol vldl 26
    coleterol ldl 103

    Responder
    • Bom dia Fernanda,
      Deve levar os resultados dos exames ao pediatra que os solicitou.
      Ele é o profissional que conhece o quadro clínico completo da sua filha e saberá interpretar os resultados melhor do que ninguém.
      Veja que o mencionamos nas recomendações ao final do post.
      Saudações!

  10. Bom dia.
    Minha filha tem 11 anos, o último exame foi feito em maio e a taxa de colesterol estava 235. Levei em outro pediatra recentemente e ele apenas recomendou exercícios físicos e dieta. Questionei sobre a necessidade de repetir os exames, ele disse q basta repetir o exame daqui um ano. Achei estranho, pois a pediatra anterior, disse q o exame teria q ser repetido a cada 3 meses. O q é aconselhável fazer?

    Responder
    • Boa tarde Eneusa,
      É recomendável que você escolha só um pediatra e siga as suas orientações, porque as opiniões realmente podem ser um tanto diferentes dependendo da experiência profissional de cada um.
      O que mais interessa não é a taxa do colesterol total, mas especialmente a do LDL (colesterol “ruim”).
      Se não estiver exageradamente alto, pode ser reduzido como o médico lhe indicou, com exercícios físicos e uma alimentação equilibrada.
      Lhe recomendamos que veja as dicas do seguinte artigo: Cómo baixar o colesterol com a alimentação.
      Saudações!

  11. Ola peguei os exames do meu Filho de 11anos o colesterol deu 188,0mg/DL.colesterol HDL 39,0.colesterol LDL 128,4. Colesterol VLDL 20,5 triglicerídeos 103,0 lipídios total Déu 578,0 oque fazer

    Responder
    • Olá Edina,
      O mais importante é levar o resultado dos exames ao médico que os solicitou e seguir as recomendações dele, pois é quem conhece o quadro clínico do seu filho.
      Enquanto espera o dia da consulta, você pode seguir as recomendações do artigo, onde diz “Como reduzir”.
      Saudações!

  12. Olá boa tarde. Até então pensei q meu filho estava somente com a glicemia alta de 99 em 30 dias de dieta foi p 88 mas com 90 dias fiz novamente e ela está com 89 e o colesterol 212 e ele nao gostava de verduras e legumes, frutas até q come , mas fa natação, luta e exercícios na escola. Mas qro mesmo e saber se a farinha de beringela e bom pra ele e qual a quantidade posso usar pra ele???? Pode me ajudar por favor? ?

    Responder
    • Boa tarde Margareth,
      Sim, a farinha de beringela ajuda, mas as quantidades tem que ser adequadas a cada paciente por um nutricionista, especialmente no caso de crianças.
      Pode ver outras dicas no seguinte artigo: Como baixar o colesterol.
      Saudações!

  13. Boa noite o resultado do exame da minha filha de 7 anos foi:
    Colesterol não-HDL: 144
    Colesterol total: 193
    O restante está OK, só esses dois que me preocupam, já levei no pediatra e ela passou uma dieta balanceada, sendo que minha filha tem o peso normal, quase não come.. Estou super preocupada!!!

    Responder
    • Bom dia Mariana,
      Além de seguir a dieta que a pediatra lhe recomendou, você deve fazer com que a sua filha se mantenha em movimento.
      As crianças de hoje em dia têm a tendência a serem sedentárias, algo muito prejudicial para a saúde.
      Estimule-a a praticar brincadeiras que incluam atividades físicas, pois isso é fundamental para manter o colesterol sob controle.
      Saudações!

  14. Boa tarde. Meu nome é mídia pereira fui na consulta da minha Onte,então a doutora disse que a minha filha está com gordura no sangue. Ela está com 253 mg / dl, ela só tem 6 anos e fiquei muito preocupada.Pq desde bebê ela nunca gostou de frutas, verduras,saladas.vai ser difícil ela se adptar. Até então está abaixo do peso. Ela tem 119 de altura e pesa 18.00 kilos.não sei como começar a dieta.

    Responder
    • Olá Mídia,
      Por favor veja no artigo onde diz “Como reduzir”.
      No entanto, você deve seguir todas as orientações que a médica deve ter lhe passado.
      Saudações!

  15. boa tarde eu tenho 2 filhos 1 de 12 anos e outro de 9 anos e os dois estão com triglicérides e colesterol alto, e a mais velha à de 12 anos tem que levar lanche para o colegio e acaba levando refrigerante de garrafinha ou suco de caixinha com bolacha ou pão de forma com queijo, que tipos de lanche seria bom dela levar e em casa evitar tudo dar somente frutas e nas refeições comer mais verduras e legumes e carnes cozidas.

    Responder
    • Boa noite Renata,
      Em primeiro lugar, você deve seguir todas as recomendações do médico que solicitou os exames.
      Os lanches dos seus filhos devem ser trocados.
      Deve evitar os refrigerantes e os sucos de caixinha, prefira sucos caseiros naturais ou água mineral.
      Substitua o pão de forma normal por pão integral; com relação ao queijo, é melhor utilizar queijo minas ou requeijão.
      As bolachas, depende: se forem água e sal, por exemplo, pode; mas se forem recheadas, wafers ou outro tipo de bolachas parecidas, é melhor esquecer.
      Lhe recomendamos que veja mais informações no artigo onde diz “Como reduzir”.
      Saudações!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezesseis − quatro =

Informação básica sobre proteção de dados
Responsável pelos dados: Carlos Correia | Finalidade: Gerenciamento e moderação de comentários | Legitimação: Seu consentimento expresso | Destinatários: Os dados que você proporciona ficarão hospedados nos servidores da empresa Hostinger | Direitos: Você tem o direito de acesso, retificação, limitação e supressão dos seus dados. | Veja a informação detalhada sobre a proteção de dados na nossa política de privacidade.