De Verdade a Graviola Cura Câncer?

No post do dia de hoje veremos a resposta a um assunto muito polêmico e atual: se a graviola cura câncer de verdade ou se isto não passa de uma enganação da internet.

O medo da população e a forte pressão exercida pelas grandes companhias farmacêuticas levaram a uma situação em que muitas pessoas que enfrentam esta terrível doença não se atrevem a procurar opções menos agressivas e mais naturais.

Embora existam opiniões divergentes sobre se a graviola é um remédio natural eficaz para esta grave doença, o fato é que esta fruta tem sido utilizada com sucesso por muitos especialistas para tratar diferentes tipos da mesma.

Tem remédios naturais eficazes contra o câncer?

Existem alguns remédios naturais de eficácia comprovada que estão fazendo grandes progressos, na contramão de alguns tratamentos convencionais.

Estes remédios têm demonstrado uma eficácia equiparável e até mesmo superior aos medicamentos farmacêuticos no tratamento de alguns tipos de câncer.

E o que é melhor: não provocam os efeitos colaterais temidos da quimioterapia, tais como a baixa imunidade, queda de cabelo, enfraquecimento e a perda de peso progressiva.

Continua abaixo…


VEJA TAMBÉM:


Devemos lembrar que estas tristes consequências na maioria das vezes não se devem à doença, mas aos vômitos constantes e incontroláveis que produzem alguns quimioterápicos.

Entre estes remédios naturais encontra-se a graviola, sobre a qual trataremos a seguir com mais detalhes.

Estudos indicam que o chá de graviola cura câncer

A árvore da graviola (Annona muricata) é uma planta da família Annonaceae presente no Caribe, México, América Central e América do Sul.

Sua fruta, de rara aparência, sabor agridoce, casca verde e áspera com espinhos, contém sais minerais, aminoácidos e alcaloides muito benéficos para a saúde, além das vitaminas C, B1 e B2.

Entretanto, todas as partes da planta são utilizadas na fitoterapia e isto inclui, além dos frutos, a casca da árvore, as folhas, as raízes e até a semente de graviola.

Entretanto, a parte que contém a maior concentração de ingredientes ativos é a folha, onde estão as acetogeninas Anonáceas.

Estas substâncias têm sido amplamente estudadas desde a década de 1940, quando a planta começou a ser utilizada como um inseticida, chegando a surpreender os cientistas por seu amplo poder sem causar qualquer efeito adverso sobre os animais e seres humanos.

A globalização e estudos paralelos no Japão e na China, revelaram finalmente as maravilhas desta generosa planta.

Depois de mais de 20 estudos científicos desde 1970, foi revelado que a folha de graviola é eficaz para matar células malignas de vários tipos de câncer, entre os quais se encontram o de mama, pulmão, próstata, pâncreas e cólon.

Saiba se a graviola cura câncer

Os benefícios da graviola para muitas doenças

Entre as suas inúmeras propriedades e benefícios, podemos destacar que a graviola ajuda a promover o metabolismo, é antiparasitária, antiespasmódica, adstringente, antifebril, hipotensora, inseticida, pesticida, sedativa, vasodilatadora, vermífuga e antibacteriana.

Além do mais, pode ser usada eficazmente para tratar de forma natural doenças como o reumatismo, artrite, problemas cardiovasculares, distúrbios do sistema nervoso e melhorar a diabetes de tipo 2.

Por outro lado, o suco de graviola é particularmente bom para o tratamento de hemorroidas, problemas renais e infecções urinárias, doenças do fígado e dores de cabeça, além de ser um ótimo energético natural.

– Veja agora os benefícios da graviola contra o câncer

Segundo estudos, o poderoso efeito desta planta no corpo é comparável ao da quimioterapia, com a grande diferença de que o chá da folha de graviola atua sobre as células danificadas sem afetar as saudáveis, daí o seu nome popular de “quimioterapia natural”.

Alguns estudos realizados na Universidade de Washington confirmaram que a artemisinina, uma substância presente na graviola, é capaz de eliminar 98% das células cancerígenas num paciente com câncer do pulmão.

Por outro lado, após testes de laboratório realizados na Universidade da Califórnia, os pesquisadores concluíram a mencionada substância está envolvida na remoção de células de câncer do pulmão e participa do processo de abrandamento do crescimento dessas células.

Em outras palavras, a artemisinina é responsável pela inibição da membrana das células cancerígenas, deter o seu crescimento e, eventualmente, causar a morte (apoptose) destas células.

Sem sombra de dúvidas, esta é a melhor alternativa à quimioterapia, que como é de conhecimento público provoca efeitos colaterais sobre o fígado e os rins.

Não existe incompatibilidade e, pelo contrário, vai muito bem com qualquer tipo de tratamento ao qual o paciente seja submetido, melhorando a eficácia do mesmo.

Não tem absolutamente nenhum efeito colateral nem reações de intolerância ou alergia.

No entanto, ainda há especialistas que argumentam que, embora a graviola possa agir lutando contra as células cancerígenas, as evidências da sua aplicação para a saúde humana ainda não são suficientes como para afirmar categoricamente que seja uma cura definitiva para o câncer.

Mas é bom refletir sobre o seguinte: já faz muito tempo que o tratamento de doenças mortais como o câncer está sendo feito com medicamentos da indústria farmacêutica e outras formas científicas de eficácia duvidosa, com resultados medíocres em boa parte dos casos.

Veja se o chá de graviola cura câncer

Como usar a folha de graviola

A melhor maneira de consumir as folhas desta fruta é na sua forma natural, no entanto, hoje em dia há produtos feitos com o extrato, em forma de ou cápsulas de graviola.

Onde encontrar graviola?

É possível encontrar a graviola em cápsulas ou inclusive as folhas secas da planta em lojas de produtos naturais.

– Receita curativa do chá de graviola

Ingredientes:

  • 6 folhas de graviola (verdes ou secas).
  • 1 litro de água filtrada.

Como preparar:

Ponha a água para ferver. Quando estiver chegando ao ponto de ebulição, acrescente as folhas de graviola.

  • Se as folhas forem verdes, deixe-as no fogo por mais 5 minutos e depois desligue.
  • Se as folhas forem secas, pode desligar o fogo imediatamente.

Abafe por uns 15 minutos antes de tomar.

Como usar:

Tome todo o chá no mesmo dia da sua preparação.

Não o guarde para tomar no dia seguinte, mesmo na geladeira, pois perderá suas propriedades.

Precauções:

Este chá não é recomendado para pessoas que sofram de pressão baixa.

As mulheres grávidas ou lactantes só podem consumi-lo com acompanhamento médico.

Então, isto foi tudo por hoje. Esperamos que estas informações sobre se o chá de graviola cura câncer lhe seja de muita utilidade.

Muito obrigado pela sua visita. Deixe-nos seus comentários ou perguntas relacionadas mais abaixo.

GOSTOU DESTE ARTIGO? AJUDE-NOS A DIVULGÁ-LO:

OUTRAS PESSOAS ESTÃO VENDO:

45 comentários em “De Verdade a Graviola Cura Câncer?”

  1. Boa tarde gostei muito da informação eu tenho a planta da graviola no meu quintal.
    Tenho uma questão a minha mãe foi feita mastectomia queria saber se ela pode tomar o chá da graviola enquanto a ferida sara.

    Responder
    • Boa tarde Milagre,
      Que bom que você gostou!
      Pode tomar sim.
      Saudações!

  2. Parabéns a esse trabalho de tão significante importância para a vida dos seres vivos. O mundo carece de informações caridosas como essas. Obrigada.

    Responder
    • Boa noite Tânia,
      Ficamos felizes que tenha gostado das informações!
      Muito obrigado pelo seu comentário!

  3. Gostaria de saber se o Chá da Graviola, já curou outros tipos de câncer ou só os tipos de câncer citados no Texto.

    Responder
    • Olá Jessica,
      Que esteja provado cientificamente, por enquanto só os tipos mencionados no artigo.
      Saudações!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezessete − nove =

Informação básica sobre proteção de dados
Responsável pelos dados: Carlos Correia | Finalidade: Gerenciamento e moderação de comentários | Legitimação: Seu consentimento expresso | Destinatários: Os dados que você proporciona ficarão hospedados nos servidores da empresa Hostinger | Direitos: Você tem o direito de acesso, retificação, limitação e supressão dos seus dados. | Veja a informação detalhada sobre a proteção de dados na nossa política de privacidade.