Longevidade Saudável: Cães Podem ser Grandes Aliados!

A conexão entre a presença de cães e o bem-estar humano não é uma novidade, mas evidências recentes destacam as diversas maneiras pelas quais nossos amigos de quatro patas podem tornar-se grandes aliados à medida que envelhecemos, contribuindo para uma vida mais longa e saudável.

Continue lendo para conhecer a relação entre os cães e uma longevidade saudável.

Como os cães podem ajudar na longevidade saudável

Aqui estão seis de seus benefícios de longevidade mais poderosos.

1. A influência dos cães na saúde do coração

Muitas pesquisas se dedicaram a explorar os efeitos da convivência com cães na saúde do coração. Em reconhecimento a estes estudos, a American Heart Association (AHA) chegou a emitir uma declaração científica em 2013, ligando a posse de cães a um risco reduzido de doenças cardiovasculares.

Além disso, uma recente meta-análise publicada na revista Circulation: Cardiovascular Quality and Outcomes revelou que ter um cão está associado a um risco 17% menor de morte, especialmente quando se trata de doenças cardiovasculares, nas quais o risco é reduzido em 20%.

Um cão pode ser um aliado da longevidade saudável

2. Atividade física aumentada

A relação entre a posse de cães e um estilo de vida mais ativo não surpreende. A maioria dos tutores leva seus cães para passear regularmente, o que naturalmente aumenta sua atividade física.

Isso é de grande importância para a saúde cardiovascular, pois a atividade física regular é benéfica na redução de riscos e no aprimoramento da saúde do coração.

Estudos revelaram que os proprietários de cães caminham, em média, 2.700 passos a mais por dia do que aqueles que não possuem. Essa diferença ajuda as pessoas a alcançar a recomendação de 150 minutos de exercícios moderados por semana.

No entanto, é importante ressaltar que essa vantagem não se aplica àqueles que optam pelo sedentarismo, deixando seus cães restritos ao quintal.

Contudo, a necessidade frequente de se agachar para recolher objetos, incluindo brinquedos e resíduos, contribui para o aumento da mobilidade e do fortalecimento dos músculos das pernas.

3. Redução do estresse através da interação com cães

O simples ato de interagir com um cão tem a capacidade de reduzir o estresse, estimulando o sistema nervoso parassimpático e induzindo uma sensação de tranquilidade.

Isso ocorre porque o convívio com cães pode reduzir a solidão e a ansiedade, contribuindo para um estado mental mais equilibrado.

Além disso, a saúde psicológica positiva está correlacionada a um menor risco cardiovascular, contrapondo os efeitos negativos do estresse sobre a saúde cardíaca.

Um cachorro ajuda na longevidade saudável

4. Promoção de autocuidado e rotinas saudáveis

A rotina diária de cuidar de um cão, que inclui alimentação, passeios e cuidados, oferece estrutura e um senso de propósito.

Esse aspecto é particularmente relevante para o bem-estar mental, especialmente à medida que envelhecemos.

Além disso, a responsabilidade de cuidar de nossos animais de estimação pode nos motivar a adotar hábitos mais saudáveis, como reduzir o tabagismo, aderir a tratamentos médicos e manter consultas e exames de saúde regulares.

5. Aprimoramento da saúde cognitiva

Uma pesquisa recente que monitorou um conjunto de indivíduos que possuem animais de companhia ao longo de vários anos identificou uma associação positiva entre a presença de cães e uma melhor cognição.

Embora para a maioria das pessoas a função cognitiva se deteriore com a idade, os donos de cães tiveram aumento das suas habilidades cognitivas medidas em dois testes – o de nomenclatura de Boston, que avalia a linguagem, e o de substituição de símbolos de dígitos, que se correlaciona com a capacidade de uma pessoa de realizar tarefas cotidianas.

6. Cães como facilitadores de vida social

Você já percebeu como os cães podem iniciar conversas com outras pessoas enquanto você está fora de casa?

Ao passear com seus cães, as pessoas têm a oportunidade de estabelecer conexões com outros tutores, reduzindo o isolamento social.

Estudos relatam um aumento significativo nas interações sociais quando se está acompanhado por um cão, tornando mais fácil iniciar conversas com estranhos e construir relacionamentos interpessoais.

Para concluir

Embora a posse de cães não deva ser motivada apenas pelos benefícios à saúde, é evidente que a convivência com esses animais pode desempenhar um papel fundamental na promoção da longevidade saudável

É importante considerar como as comunidades e instituições podem apoiar os idosos para que mantenham seus cães o maior tempo possível, garantindo não apenas sua própria saúde, mas também o bem-estar de seus companheiros de quatro patas

Ao adotar uma abordagem que inclua acomodações para cães e assistência a tutores idosos, podemos contribuir significativamente para a saúde e felicidade dos donos de cães ao longo de suas vidas.

Esperamos que você tenha achado úteis estas informações sobre como os cães podem colaborar para a longevidade saudável e feliz. Muito obrigado pela sua visita!

error: O conteúdo está protegido.